sobre a ATA Palestras

Arte do encontro - Thales de Azevedo

Primeira agência brasileira do ramo, a ATA Palestras, fundadaem
1994 pelo empresário baiano Thales de Azevedo Leite, já realizou
1.200 eventos, com principais personalidades do país!

Quem Somos

A ATA Palestras promove o encontro entre sua empresa e os maiores especialistas do Brasil e do mundo em política, economia, motivação, qualidade de vida, arte&entretenimento, tecnologia, gestão e vários outros temas.

O que fazemos

A ATA Palestras localiza e contrata qualquer conferencista, em qualquer parte do Brasil e do mundo. Além disso, sugerimos o palestrante ideal para sua demanda e seu orçamento. Fazemos ainda a gestão dos ciclos de palestras de sua empresa.

Arte do encontro

O empresário baiano Thales de Azevedo Leite cresceu entre
palestras e palestrantes. Quando criança, um de seus programas favoritos era assistir às conferências do pai, o médico Antonio
Rabello Leite, do avô, o antropólogo Thales de Azevedo, e de outros grandes pensadores brasileiros, como o economista Celso Furtado, o geógrafo Milton Santos e o escritor Jorge Amado. No ensino secundário (hoje ensino médio), era ele quem se encarregava de convidar artistas, políticos e formadores de opinião para debates e seminários na escola onde estudava, a Sophia Costa Pinto, em Salvador.

Nada mais natural, portanto, que unisse a paixão ao espírito empreendedor e fundasse, em 1994, a Azevedo Talentos Associados (ATA Palestras), primeira agência brasileira de palestrantes, abrindo caminho para a formação de um robusto mercado que hoje movimenta mais de R$ 100 milhões por ano no país.

Às vésperas de completar um quarto de século, a ATA Palestras
exibe no currículo a realização de mais de 1.200 conferências pelo Brasil afora, com alguns dos principais palestrantes do país e do exterior, nas mais diversas áreas do conhecimento: política,
economia, gestão, arte e cultura, meio ambiente e qualidade de
vida, entre outras.

“Parto do princípio de que qualquer pessoa, seja uma celebridade
ou um nome ainda pouco conhecido, tem uma boa história para
contar, e há sempre alguém interessado em ouvi-la. Meu objetivo é promover esses encontros, que podem mudar a vida das pessoas”, afirma Thales de Azevedo Leite.

Da maior poeta brasileira viva, a mineira Adélia Prado, ao Prêmio
Nobel de Economia, o norte-americano Paul Krugman, centenas de contadores de boas histórias participaram dos 1.200 encontros promovidos pelo empresário: Fernando Henrique Cardoso, Arnaldo Jabor, Frei Betto, Míriam Leitão, Drauzio Varella, Mario Sergio
Cortella, Nélida Piñon, William Waack, Roberto DaMatta, Ana
Botafogo, Marcelo Rubens Paiva, Paulo Henrique Amorim, Marcelo Gleiser, Amyr Klink, Eduardo Giannetti, Luiz Gonzaga Belluzzo,
Gustavo Franco, Jorio Dauster, Merval Pereira, Sallete Lemos e Luis Nassif, entre outras personalidades que ajudaram a iluminar ambientes institucionais e corporativos.

“Thales de Azevedo Leite é um grande promotor da nova cultura empresarial do Brasil. Os conferencistas que ele indica iluminam criativamente patrões e empregados”, elogia o cineasta e comentarista político Arnaldo Jabor.

“Thales Leite e a ATA inventam um espaço mais do que necessário
ao empresariado brasileiro: eles redimensionam aquilo que não se aprende na universidade e não se tem tempo de ouvir nas rotinas
do trabalho”, emenda o antropólogo Roberto DaMatta.

Uma safra inesquecível

Mestre da arte do encontro, Thales começou a exercitar desde cedo esse seu ofício – muito antes que se tornasse ofício. Sua trajetória profissional teve início aos 16 anos, como office boy de uma corretora de valores, em Salvador. Em 1979, embarcou para a Alemanha a bordo de um cargueiro, pagando a passagem com trabalho a bordo: ajudou a pintar o navio, lavou o convés, foi ajudante de cozinha.

Na Alemanha, trabalhou oito meses na área de câmbio do Deutsche Bank, em Frankfurt e Hamburgo. Com o dinheiro economizado, comprou um carro e viajou com amigos por toda a Europa. Foram quatro meses de viagem, por 15 países, ocasião que aproveitou para aperfeiçoar o inglês, o francês e o alemão, além de exercitar sua atividade favorita: conhecer gente.

Quando o dinheiro acabou, vendeu o carro e passou a viajar de trem. Quando o dinheiro acabou de novo, trabalhou na colheita de uvas em Châteauneuf-du-Pape, no Sul da França. Oito horas diárias de labutano campo, sob sol escaldante, com pausa para o almoço à sombra de um trator, durante três semanas. Trabalho duro, mas compensador. “Todas as noites, madame Jufron, proprietária da cave, nos presenteava com uma garrafa de vinho. E a safra que eu ajudei a colher, a de 1980, é considerada uma das melhores da história da região”, orgulha-se.

Causa e efeito

De volta à Bahia, em 1981, concluiu o ensino superior na Escola de Administração de Empresas da Bahia (Unifacs), participou do curso de trainee do Citibank (que muitos anos depois viria a ser um dos principais clientes da ATA) e deu aulas no Colégio Antônio Vieira. Decidiu então morar em Brasília, onde frequentou a UnB como aluno especial de Relações Internacionais e trabalhou no gabinete do então governador do Distrito Federal, José Aparecido.

Em 1988, mudou-se para Nova York, onde trabalhou no Banco Econômico, a convite do tio, José Roberto de Azevedo, presidente do banco. Na volta, assumiu a Superintendência da Associação Brasileira dos Sebraes Estaduais, ocasião em que relembrou os tempos de secundarista e promoveu várias palestras e seminários. A ideia de criar a primeira agência brasileira de palestrantes começava a germinar.

Cidadão do mundo, Thales Azevedo Leite se define como “um sótero-brasiliense-alemão”. Sótero porque ama de paixão sua Salvador natal, onde há 10 anos voltou a morar; brasiliense porque guarda no coração um lugar especial para a cidade onde nasceu a ATA e cresceram suas três filhas mais velhas, Olivia, Giovanna e Sophia, que hoje vivem nos Estados Unidos (a caçula, Mikaela, mora na Bélgica); e alemão porque os meses vividos na Alemanha, no início da vida profissional, foram determinantes para sua formação. “Meu software é alemão, no sentido da rigidez nos negócios e no cumprimento dos horários”, brinca.

Há mais de duas décadas, Thales Azevedo Leite adicionou outro ingrediente a esse caldeirão cultural particular e abraçou o budismo. “Creio no bom senso, na justiça e na razão, em contraposição à ira, à avareza e à estupidez. A vida é relação de causa e efeito: o que dou para o universo, o universo devolve para mim.”

Nem sempre é possível receber do universo aquilo que se deseja. A distância das três filhas, que foram morar com a mãe nos Estados Unidos e com as quais convive bem menos do que gostaria, é uma das suas maiores tristezas. Mesmo assim, Thales Azevedo Leite segue fazendo a sua parte, e doando encontros que iluminam – e podem mudar – as vidas das pessoas.

o que dizem nossos clientes

  • Thales,    Em nome do time de Wealth Planning queria agradecer pela participação do Jabor no nosso evento.   Obrigado por mais um ano de parceria consecutivo.   Forte abraço.   Regards Thales,   Em nome do time de Wealth Planning queria agradecer pela participação do Jabor no nosso evento.   Obrigado por mais um ano de parceria consecutivo.   Forte abraço.   Regards,

    William Segadas Heuseler
    Wealth Planning
    Itaú Private Bank

  • Caríssimo Thales,
    Hoje, no segundo dia do nosso evento, fui inundado de elogios ao Jabor.  Sua irreverência, humor, perspicácia e conhecimento dos fatos marcantes da nossa história encantaram os nossos clientes.
    Muito obrigado a vc e ao Jabor por esta parceria tão legal!!
    Grande abraço,

    Paulo
    Itaú
    Unibanco

  • A palestra foi um sucesso, a melhor nota entre todas.
    Em relação ao tempo, não há o que vocês se desculparem.
    Nossa única preocupação era respeitar o horário, uma vez que os clientes estavam no local desde as 8:30.
    Agradeço mais uma vez em nome do Itaú Unibanco a palestra do Jabor que fechou com chave de ouro nosso primeiro dia.

    Peço compartilhar essa mensagem com ele.


    Abraços,

    Luiz
    Itaú
    Unibanco

  • Nós que agradecemos o presente que nos proporcionou, que foi a vinda do escritor Affonso Romano a esta Casa. Espero que essa seja o primeiro de muitos outros momentos agradáveis de reflexão.

    Lucia Helena Batista Alves
    Diretoria de Relações Públicas e Cerimonial
    Ministério Público do Estado de Minas Gerais

  • Gostaríamos de agradecer seu apoio com Raul Velloso, e pedir se seria possível nos enviar apresentação do Raul para podermos encaminhar aos presentes no evento. Obrigada

    Marilza Santos
    Leme
    Investimentos

  • Queria lhe dizer que a palestra do Oscar foi um dos pontos altos do nosso Evento. Um SUPER OBRIGADA, pois realmente é emocionante a história de vida dele. Abraços até a próxima!

    Renata Segalla Formenti
    Corporante Affairs – Promoções e Eventos BankBoston

  • Gostaria de agradecer todo o empenho da ATA para o sucesso da palestra. A apresentação e o retorno foram positivos. Era exatamente o que queríamos: contar uma experiência de mudança por meio de um case de sucesso, sem a embalagem de palestrante profissional.

    Adriana Cocco
    BankBoston
    .

  • Bom dia Thales. A Luiza Helena [presidente do Magazine Luiza] gostou muito, foi uma grande troca de experiência e uma grande soma de QI’s. Obrigada e um grande abraço.

    Gisele Morila
    Assistente de Luiza Helena – Magazine Luiza

  • A participação do prof. Roberto Damatta hoje em um de nossos programas foi um sucesso! Grata e um abraço.

    Márcia Malta
    Célula Agenda de Professores Fundação Dom Cabral

  • Thales de Azevedo Leite é um grande promotor da nova cultura empresarial do Brasil. Os conferencistas que ele indica iluminam criativamente patrões e empregados.

    Arnaldo Jabor
    Jornalista, comentarista e palestrante

  • Thales Leite e a ATA inventam um espaço mais do que necessário ao empresariado brasileiro: eles redimensionam aquilo que não se aprende na universidade e não se tem tempo de ouvir nas rotinas do trabalho.

    Roberto DaMatta
    Antropólogo, escritor e palestrante
    .

  • Todos gostaram bastante da palestra do Carlos Júlio. Fizemos uma avalição com os participantes de todas as atividades do evento (valendo 1 a 5) e a palestra do C. Júlio obteve uma pontuação média de 4,80. Uma das maiores.

    Roger A. Armellini
    SIGA Seminovos Qualificados General Motors do Brasil Ltda

  • Gostaria de aproveitar e agradecer a gentileza e a competência com as quais vocês me atenderam. Foi um prazer trabalhar com vocês. Nunca tinha tratado diretamente com vocês. Agradeça ao Thales pelo atendimento e pelas palavras.

    Camila Maron Barroso
    ALL – América Latina Logística Gerência de Gente e Relações do trabalho

  • A palestra foi simplesmente um sucesso, o pessoal adorou, pois o Mario S. Cortella é excelente. Manteve a atenção do grupo por todo o tempo. Por favor agradeça ao Thales por mim pela indicação.

    Katia Bortoluzzi
    Gerente da Monsanto

  • Muito obrigada pela parceria e atenção. O feedback da participação de Joaquim Barbosa foi de enorme satisfação por parte de todos. Esperamos outras oportunidades de trabalharmos juntos.

    Gracila Coutinho
    Parceria Ilimitada - Dep. Artistico

  • Muito bom trabalhar com você! Prático, direto, rápido... Gosto disso!

    Eliana Alves Faganello
    Executive Assistant - Presidency
    Novozymes Latin America Ltda

  • As duas apresentações foram excelentes. Muito obrigado e até uma próxima oportunidade.

    .Pedro Luiz Fernandes
    Regional President
    Novozymes Latin America Ltda